Para comemorar dia do sorvete, receitinha da laris!

Para amenizar o calor uma receitinha fácil, deliciosa e com a consistência de sorvete!pudim 1ªfoto

Receita de pudim com calda de chocolate

Ingredientes Pudim:

  1. 3 ovos
  2. 1 lata de leite condensado
  3. A mesma medida de leite (use a lata de leite condensado como medida)
  4. 1 lata de creme de leite
  5. 5 gotas de essência de baunilha
  6. 3 colheres de sopa de açúcar

Ingredientes Calda:

  1. 3 colheres de sopa de chocolate em pó
  2. 6 colheres de sopa de leite
  3. 2 ½ colheres de sopa de açúcar
  4. 1 colher de sopa de manteiga sem sal

Modo de Preparo Calda:

Em uma panela pequena misture todos os ingredientes, leve ao fogo mexendo sempre até engrossar.   Unte uma forma de furo no meio com essa calda e reserve.

pudim

Modo de Preparo Pudim:

No liquidificador, bata o leite condensado, o leite, a essência de baunilha e as gemas dos ovos.  Passe essa mistura para uma panela e leve ao fogo médio, mexendo sempre até engrossar.  Reserve até esfriar.
Na batedeira, bata as claras em neve vá acrescentando  o açúcar, cada colher de uma vez. Bata até ficar bem firme.  Desligue a batedeira e misture o creme de leite delicadamente.  Depois disso (com o creme que foi cozido já frio) incorpore o creme também de modo bem delicado.

Despeje essa mistura na forma untada com a calda de chocolate, leve ao congelador por aproximadamente 3 horas e está pronto.
Para desenformar, mergulhe rapidamente o fundo da forma em água fervente.

Na Laris você encontra vários potes e taças para servir com estilo e elegância seu sorvete!

             ico_flor  A primavera chegou..Que ela traga muita felicidade a você! ico_flor

ASSINATURA BLOG

Bandejas e suas mil utilidades!

A bandeja é uma opção de organizar as coisas que ficam espalhadas, em cima de mesa, balcões, buffet, e é bem legal e charmoso aliar decoração e organização, fica muito interessante! Foi se o tempo em que as bandejas serviam apenas para servir o café ou algum lanche.bandejasHoje elas podem ser usadas para improvisar um barzinho em um canto da sala, improvisar com velas de vários tamanhos numa na bandeja de inox para um jantar romântico, também pode ser usada na mesa de centro para organizar os controles dos aparelhos eletrônicos, organizar os itens no escritório, na cozinha pode servir de apoio para tempero ou potes e até no banheiro ela pode ser usada para organizar cosméticos e objetos usados no dia-a-dia.

Só usar a criatividade, na Laris você encontra várias bandejas de formato, cores e material diferentes, importadas, excelente qualidade e acabamento, lindíssimas!

“É justamente a possibilidade de realizar um sonho que torna a vida interessante. “

(Paulo Coelho)

ASSINATURA BLOG

Um pouco de histórias de marcas famosas que usamos todos os dias!

Chegaram na Laris, potes de algumas marcas conhecidas. Você conhece a história delas?

As grandes marcas Maizena, Paulista, Toddy, Aviação, Leite Moça e outros,  marcaram a vida de todos nós. E hoje artistas plásticos e designers tem apostado no Pop Art, que está crescendo muito! E estes artistas vem nos trazer este mimo, produtos inspirados em embalagens a partir dos anos 50, com leveza e bom humor. Estas marcas tradicionais que marcaram uma época, mas que nunca saíram de moda.

MARCASMaizena: O amido de Duryea foi batizado de Maizena em referência à palavra maíz, que significa “milho” em espanhol. Embora cada região das Américas adotasse um nome para o cereal, o termo empregado pelas tribos sioux e iroquês, habitantes do sul dos Estados Unidos de hoje, foi o preferido pela Espanha para designar as espigas levadas por Cristóvão Colombo. A mesma inspiração foi usada na embalagem de Maizena. A cor amarela da caixa remete aos grãos e a ilustração antiga, desenhada a bico de pena, mostra a cena de uma tribo de índios norte-americanos extraindo amido, como seus antepassados. No começo do século 20, a Corn Products Company instituiu uma campanha para aumentar o uso de Maizena fora das cozinhas domésticas. Padeiros e fabricantes de biscoitos foram estimulados a empregar o produto em receitas, como substituto da farinha de trigo. Uma das invenções caiu nas graças do povo: a bolacha Maizena, mais leve e crocante do que os biscoitos comuns. No início, o nome dos quitutes estava vinculado à compra do amido fornecido pela CPC. Mas a popularização das receitas fugiu do controle e o biscoitinho começou a ser produzido nos quatro cantos do País, mesmo sem levar o amido da marca entre os ingredientes. Na década de 30, com a fundação da primeira fábrica da marca no Brasil, a CPC tentou proibir o uso do nome Maizena em produtos que não a contivessem. Mas o período para uma reclamação legal havia expirado e o biscoito, já bastante popular, permaneceu com o nome.

Aviação: A empresa teve sua origem em 1920 atuando no comércio de secos e molhados por atacado sediado na cidade de São Paulo e também na indústria de laticínios em especial na fabricação de manteiga em lata na cidade de Passos, interior de Minas Gerais. O nome Aviação foi escolhido em homenagem as primeiras empresas de navegação aérea que se instalavam no Brasil na época da fundação da empresa. A manteiga da latinha, conhecida por sua tradicional embalagem de cor alaranjada passou apenas por pequenas alterações desde a época de sua fundação, uma delas foi o avião estampado na lata, que no início era um biplano monomotor, mas por volta dos anos 40 o avião passou a ser um trimotor que continua sendo o símbolo da manteiga, embalagem que sofreu uma modernização em 2012.

Paulista : A CCL nasceu pioneira e ao longo de sua história, fez desse pioneirismo sua marca. Seu primeiro produto, ainda em 1933, foi o leite pasteurizado integral, distribuído em garrafas de vidro esterilizadas e lacradas com tampas metálicas. A inovação continuou sendo a marca da empresa quando, após meados da década de 50, a CCL construiu o primeiro caminhão tanque para o transporte do leite. Outras inovações da Paulista foram a utilização do processo UHT (Ultra-high-temperature) pela primeira vez no Brasil e o lançamento da produção de iogurte natural no Brasil. O grande sucesso popular do produto no final dos anos 60 foi apenas o começo da grande história da Paulista no mercado de iogurte.

“De vez em quando dá uma saudade na gente dessas coisas. São todas coisas simples. Meio bobas, muito bonitas.”  – Caio Fernando de Abreu

ss

Faça do dia dos Pais, um dia mais que especial!

Ele é nosso companheiro de todas as horas, com quem podemos contar para receber conselhos, compartilhar problemas, dividir momentos importantes, risadas e abraços. No Dia dos Pais, nada melhor que apostar em um presente que o surpreenda e relembre para esse grande amigo, o quanto o amamos.

as1

dia dos paisNa laris encontra mimos para seu pai,

prod. banner“Sábio é o pai que conhece o seu próprio filho.” – (William Shakespeare)

ASSINATURA BLOG

 

Harmonize os queijos com os vinhos e sirva seus convidados

Existe combinação mais clássica do que queijos e vinhos? Definitivamente não. Descubra como preparar uma inesquecível mesa de queijos e vinhos na sua casa! Para começar, é preciso dizer: nem todo queijo harmoniza com qualquer vinho. É preciso prestar atenção nas características de cada um para, então, selecionar o vinho ou o queijo ideal. Ou, no caso de uma tábua de queijos, como encontrar vinho curinga que vai se dar bem com todos ou com a maioria deles.banner blogComo já dissemos antes, harmonização boa é aquela que te agrada e ponto! Mas, se não sabe nem pode onde começar, uma ajuda é sempre bem-vinda, né?! Fizemos uma lista com alguns tipos de queijos, suas principais variedades e indicações de vinhos. Quer deixar sua mesa ainda mais atraente? Identificar e agrupar os mais diferentes tipos de queijos é o primeiro passo para o sucesso da sua harmonização com as variedades enormes de vinhos que existem.

De acordo com essa classificação, os especialistas recomendam:

– Os queijos frescos e curados, de modo geral, se dão melhor com vinhos brancos leves, secos e com nível de acidez elevado, como os Sauvignon Blanc e Chardonnay.

– Os bancos moles se equilibram bem com os espumantes por causa da contraposição entre o sal do queijo e a efervescência do vinho, mas também harmonizam bem com os vinhos tinto de uva Cabernet Sauvignon.

– Os queijos semi moles podem se conciliar bem com os brancos de forte aroma, bem como os tintos leves e frutados como Merlot, Malbec ou Carbernet Sauvignon.

– Os queijos duros, por ter sabor com maior presença e complexidade, estão mais propícios à harmonização com vinhos tintos encorpados, pois sua acidez e nível de sal controlado não conflitam com o corpo dos tintos.Vinhos como Cabernet Sauvignon ou Syrah.

– Os azuis produzem maior satisfação quando acompanhados pelos vinhos doces como Porto, Tokay ou Sauternes.

GRUYÈRE: tinto jovem de uva Cabernet Sauvignon, Merlot ou Malbec.
PROVOLONE: tinto de uva Syrah
GOUDA: tinto de uva Malbec ou Carbenet Sauvignon
EMMENTHAL: tinto de uva Merlot ou Carbernet Sauvignon.
EDAM: tinto de uva Malbec ou Syrah.
MAASDAM: tinto de uva Malbec ou Merlot.
PRATO ESFÉRICO: branco frutado.
REINO: tinto encorpado de uva Tannat ou Carménère.
BRIE: tinto de uva Cabernet Sauvignon.
CAMEMBERT: tinto de uva Syrah.
GORGONZOLA: branco doce como Porto, Tokay ou Sauternes.
PARMESÃO: tinto de uva Cabernet Sauvignon ou Syrah.
Frescos: branco seco de uva Sauvignon Blanc.

queijo e vinho” A gente não faz amigos, reconhece-os” – (Vinicius de Morais)ASSINATURA BLOG